Exposição 2011.06 – Mega Mural de Grafite – 23/09/2011

Foi realizado nos dias 23, 24 e 25 de setembro um Mega Mural de Grafite na Av. Mister Hull, muro externo do Campus do Pici da UFC. O evento resultou de uma parceria entre a Universidade Federal do Ceará, através do Museu de Arte e a Comunidade Grafite Ceará, representada por pintores membros de vários grupos grafiteiros do Estado, intermediados por Davi Favela. Foram 500 metros de muro, trabalhado de forma livre, mas contendo várias referências à história, ao acervo e ao cinquentenário de fundação do Museu de Arte da UFC.


Grafite

O que é um texto que expressa, mas não comunica? E de que forma essa não comunicação nos toca? Talvez um texto que não comunica enquanto texto, mas como imagem?

Uma arte que perpassa o significante e o significado do texto enquanto tal e mesmo assim guarda em si um sentido que vem a tona quando acusado por nossas sensações. Uma arte passaporte, que transforma o passante de uma via real em um apreciador errante pelos múltiplos caminhos da arte. Uma arte contra regras, contra leis, pode chegar a ser crime? Mas será que tal crime não deixa de sê-lo quando se torna arte, o que ocorrerá caso consideremos a arte superior. Arte crime talvez por roubar as marcas de seu produtor trazendo-o as vistas do grande público. Arte carregada de individualidades, lotada de impressões pessoas, arte homenagem, arte marginal.

O grafite é essa arte complexa de impressões e emoções, que infelizmente não é vista como tal e cabe a nós mudar essa realidade, cabe a nós acostumar nossos olhos não só para a apreciação das múltiplas formas de arte, como para a depreciação dos preconceitos sobre elas. Então comecemos!

Hortência Siebra