Exposição 2011.08 – Ceará Escrito à Luz – Fotografias de Francisco Sousa – 24/11/2011

As fotografias de Francisco Sousa, reunidas no livro Ceará escrito à luz, são uma declaração de amor e de fidelidade à terra natal, ou de adoção (ele nasceu em Santarém, no Pará).
Sabemos o que significa o debruçar-se sobre uma realidade muitas vezes inóspita – e não falo da terra e das gentes, que são exemplo de generosidade, dignidade e resistência – falo do caminho para se chegar a esse resultado de respeito e delicadeza, de beleza captada com a consciência, não apenas artística, mas também social e política.

Saboreei cada imagem com o vagar que me permitiu a curiosidade de saber o que vinha a seguir. Li o texto de Gilmar de Carvalho de um fôlego só. Tudo se completa de forma inteligente e sobretudo amorosa, incluindo o projeto gráfico de Cibele Bonfim e Camila Matos, que é belíssimo.

Poderia escrever sobre a emoção de descobertas insuspeitadas, testemunhos de riquezas, advindas de saberes ancestrais, captados e descritos com uma ternura que transcende, muitas vezes, a violência que o texto relata. Preferia, no entanto, fazê-lo de viva voz, olho no olho, o livro em mãos, ouvindo os comentários que – por certo – englobam um contexto e vão além do instante registrado pela câmara.

Trabalho importantíssimo, por tudo e por quanto ele relata e sugere, tem de ser mostrado em todo o Brasil e, principalmente, fora dele.

Anna Maria Kieffer
pesquisadora, cantora e musicóloga