Exposição 2018.10 – Nas aldeias: o cotidiano sob o olhar da juventude indígena no Ceará – 14/11/2019

Juventude Indígena em comunicação

Os jovens indígenas estão cada vez mais conectados, podendo mostrar sua visão de mundo, a realidade das aldeias e os conflitos socioambientais por meio da fotografia e do cinema, abrindo caminhos para se expressarem e se relacionarem com a sociedade não indígena a partir das artes visuais.

Nesse contexto, sob as lentes dos/as jovens indígenas, a exposição Nas Aldeias: o cotidiano sob o olhar da juventude indígena no Ceará busca retratar o dia a dia dos/as jovens indígenas, desmistificando e desconstruindo o imaginário da sociedade não indígena a partir das artes visuais.

Este é um momento histórico e pioneiro em que os indígenas no Ceará são encorajados a produzir e expor suas próprias imagens em fotografia. 18% desta exposição também contempla fotos de fotógrafos parceiros das lutas dos indígenas.

Esperamos que esse espaço não seja só de exposição presente, mas de projeto para o futuro em que a juventude transponha nas imagens suas lutas, as relações com seus encantados, o cotidiano, a terra, e tudo que pode vir a ser a imaginação e a capacidade dos jovens indígenas de todas as etnias.

Nas Aldeias: o cotidiano sob o olhar da juventude indígena no Ceará  é uma exposição realizada pela Adelco e financiada pela União  Europeia.

Curadoria: Iago Barreto Sores e Adelco

Ficha Técnica

Nome: Nas Aldeias: o cotidiano sob o olhar da juventude indígena no Ceará

Expositores Indígenas Individuais:

  • Alline Pitaguary
  • Any Tabajara
  • Aruena Tabajara
  • Clara Kanindé
  • Emanuelle Tabajara
  • Emille Jenipapo-Kanindé
  • Isaias Kanindé
  • Kilvia Tapeba
  • Magna Tabajara
  • Maykon Kanindé
  • Natan Jenipapo-Kanindé
  • Raíssa Tabajara
  • Suerdo Kanindé
  • Thais Pitaguary
  • Valéria Kanindé
  • Viviane Kanindé

Curadoria e Produção:

Iago Barreto Soares
Adelco

Expositores Indígenas Coletivos:

  • Articulação da Juventude Indígena Tapeba (AJIT)
  • Aldeia Pitaguary

Expositores Não-Indígenas:

  • Ronaldo Queiroz
  • Cayo Robson
  • Luiz Alves

Número de Fotografias:

90 fotografias, com 32x40cm.