Semana Nacional de Museus 2019 no Mauc

27 de maio de 2019

A décima edição da Semana Nacional de Museus (SNM) no Museu de Arte da UFC trouxe uma programação intensa com palestras, exibição de documentário, oficinas, visitas mediadas, apresentações culturais e musicais.

Organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), em alusão ao dia 18 de maio, dia nacional e internacional dos museus, a 17ª Semana Nacional de Museus trouxe como tema “Museus como Núcleos Culturais: o Futuro das Tradições”. O tema proposto foi trabalhado logo no primeiro dia (13/05) com a “Ocupação cultural: a negritude no fio da palavra”, bem como ao longo dos outros dias da programação através da diversidade das atividades. Confira, abaixo, as imagens e a descrição dia-a-dia da participação no Mauc na Semana Nacional de Museus de 2019.

13.05.2019

Uma parceria do Mauc com o Grupo de Estudos Discurso, Identidades, Raça e Gênero (GDIRG)/Programa de Extensão Viva a Palavra (PRAGMACULT) – Universidade Estadual do Ceará (UECE), Literatura e as metodologias para a formação de leitores (LIMEFLE) – Universidade Estadual do Ceará (UECE), Ludicidade, discursos e identidades nas práticas educativas (LUDICE) – Universidade Federal do Ceará (UFC) e Núcleo de Africanidades Cearenses (NACE) – Universidade Federal do Ceará (UFC), a “Ocupação cultural: a negritude no fio da palavra” trouxe para o Mauc a discussão sobre o lugar da cultura negra nos museus e como que, historicamente, os negros foram ocupando estes espaços, sejam através de representações ou mesmo de sua participação como produtor, público e/ou pesquisador.

Após a exibição do documentário “Brasil: uma história inconveniente”, o museólogo do Mauc, Saulo Moreno Rocha, realizou o painel “Para além do Dragão do Mar: fragmentos de memória de protagonistas negras/os na história da abolição no Ceará” e abriu a roda de conversa com a mediação de Adilbênia Machado (NACE/UFC), Fátima Vasconcelos (LUDICE/UFC), Marco Antônio Lima do Bonfim (GDIRG/UECE), Núbia Agustinha Carvalho Santos (LUDICE/UFC), Rafael Ferreira da Silva (NACE/UFC), Saulo Moreno Rocha (MAUC/UFC).

 

A “Ocupação cultural: a negritude no fio da palavra” seguiu pela tarde com o “Círculo literário: autoras/es da literatura negra – a obra de Conceição Evaristo” tendo como mediadoras as professoras Jaquelânia Aristides Pereira (LIMEFLE/UECE) e Maria Valdênia da Silva (LIMEFLE/UECE). Após esse momento, iniciou-se a “Cartografia Literária” com a mediação das professoras Fátima Vasconcelos (LUDICE/UFC), Jaquelânia Aristides Pereira (LIMEFLE/UECE), Maria Valdênia da Silva (LIMEFLE/UECE), Núbia Agustinha Carvalho Santos (LUDICE/UFC). A tarde contou ainda com a realização da performance poética do Coletivo Negrada composto por estudantes da UFC. Para o museólogo do Mauc, Saulo Moreno, “a ocupação foi uma excelente oportunidade de encontro e diálogo sobre temas tão importantes para o Brasil contemporâneo. Além disso, serviu para reunir pesquisadores e pesquisadoras que vêm se dedicando aos Estudos Afro-brasileiros na Universidade Federal do Ceará, na Universidade Estadual do Ceará e na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Portanto, um rico momento de aprendizado passando por diferentes disciplinas e experiências.”

No final do dia o Mauc foi tomado pelas cores e pela força das vibrações dos tambores do Maracatu Solar no encerramento da “Ocupação cultural: a negritude no fio da palavra”.

Para ver a galeria de fotos deste dia acesse aqui.


14.05.2019

No segundo dia de programação da SNM o Mauc ofereceu a “Oficina de Planejamento de Recepção de Público”, com Yazid Jorge, doutorando em História Social pela Universidade Federal do Ceará e Mestre em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO). Durante todo o dia, os participantes puderam refletir sobre a importância do planejamento da recepção de público em ambientes museológicos, com foco na experiência do visitante. Yazid abordou problemas e soluções para a vida cotidiana em relação ao seu público visitante e não-visitante.

Os bolsistas Igor Eduardo, Thaís Cândido, Thainá Mota e Jully Dionízio, do Educativo do Mauc, participaram da oficina e relataram as experiências vividas durante as visitas mediadas. Para Thaís “a ‘Oficina de Planejamento de Recepção de Público’ foi um importante momento de formação para o núcleo educativo do Museu de Arte da UFC por possibilitar um espaço de reflexão, de muitas discussões e questionamentos acerca das relações que se estabelecem entre a instituição e seu público, bem como da importância do planejamento da ação educativa, da abordagem clara na mediação com o público e da valorização da experiência e da autonomia do visitante na construção do sentido individual”. Thaís destacou a importância da oficina na sua experiência no Educativo do Mauc, pois, para ela, “momentos de formação como esse, pois ajudam a pensar sobre a formação do nosso núcleo educativo e nos instiga a buscar formas de melhorar a recepção de público.”

 

 

A programação deste dia contou, ainda, com o Tour Cultural: uma visita dos servidores recém empossados e veteranos da UFC pelas instalações da Imprensa Universitária e do Museu de Arte da UFC. Os servidores visitaram as exposições “Novos Olhares para Monalisa” e “À flor da Pele” com a mediação da diretora do Mauc, Graciele Siqueira. Ao final, foram presenteados com catálogos e alguns livros como “Coleção de Xilogravuras do Mauc” e “Figuras do Nordeste: dez gravuras de Zenon Barreto”.

 

 

 

No intervalo cultural do Mauc na 17ª Semana Nacional de Museus, tivemos a apresentação do “Grupo Verso de Boca”, grupo idealizado pelo poeta e professor Roberto Pontes e pela professora Elizabeth Dias Martins, do Curso de Letras da UFC, a partir da iniciativa de estudantes em constituir um grupo de intérpretes com a finalidade de nomes expressivos da poesia universal.

 

 

Para ver a galeria de fotos deste dia acesse aqui.


15.05.2019

Não houve atividade por conta da Paralisação Nacional.


16.05.2019

Na quinta, iniciamos nossa programação com a Oficina Arte com Carvão para os servidores da UFC, com o Prof. Pedro Eymar. Atualmente aposentado pela Universidade Federal do Ceará-UFC, o ex-diretor do Museu de Arte da UFC não pretende se afastar do espaço que lhe é tão querido. Dessa vez, ele veio, à convite, compartilhar de seus conhecimentos como mestre do carvão para ensinar, no primeiro dia, um grupo exclusivo de servidores da UFC interessados em usufruir da oportunidade dada pela instituição para desenvolverem suas habilidades artísticas. Para a servidora do Mauc, Auricélia França, a oficina foi uma motivação a mais para colocar no papel suas emoções e anseios: “Sempre tive vontade de aprender as técnicas de desenho e vi nessa oficina do professor Pedro Eymar a oportunidade de conhecê-las e desenvolvê-las, foi uma experiência ímpar”, encerra ela.

Para ver a galeria de fotos deste dia acesse aqui.


17.05.2019

No penúltimo dia de programação da 17ª Semana Nacional de Museus no Mauc, o prof. Pedro Eymar ministrou a segunda turma, esta aberta ao público, da Oficina Arte com Carvão. Vários estudantes da UFC e também de outras instituições vieram desfrutar desse momento de aprendizado.

 

 

 

 

Aconteceu, ainda, a primeira apresentação do Grupo de Violoncelos da UFC. Sob a coordenação da professora Dora Utermohl, do Curso de Música do Instituto de Cultura e Arte da UFC, os presentes puderam se deleitar com um repertório de composições de músicos como Piazzolla, Gardel e Albeniz.

 

 

 

Para ver a galeria de fotos deste dia acesse aqui.


18.05.2019

Música, visita mediada e lançamentos de livros, assim foi o último dia da 17ª Semana Nacional de Museus no Mauc. O público que veio ao Mauc nesse sábado pôde percorrer a exposição “Novos Olhares para Monalisa” na companhia da colecionadora Veridiana Brasileiro e da curadora Andrea Dall’Olio.

Logo após, o Grupo de Violoncelos da UFC realizou a 4ª edição do “Música no Mauc”, uma parceria entre o Museu de Arte da UFC e a Casa das Artes da Eideia. Encerrando a programação, houve o lançamento dos livros “Prova de Estágio – Notas biográficas de Raimundo Cela” e “Campelo Costa – Traços de um Percurso Artístico”, de autoria do pesquisador e artista plástico Roberto Galvão.

Para ver a galeria de fotos deste dia acesse aqui.

 

Destacamos a colaboração dos nossos parceiros para que a 17ª Semana Nacional de Museus no Mauc tenha sido marcante em programação e adesão de público: Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP/UFC) através da Divisão de Programas e Projetos Culturais (DiPPC), prof. Pedro Eymar, Roberto Galvão, Yazid Jorge, Veridiana Brasileiro, Andrea Dall’Olio, Grupo de Violoncelos da UFC, Laboratório de Design Computacional do Curso de Design da UFC, Grupo Verso de Boca do Curso de Letras da UFC, aos Grupo de Estudos Discurso, Identidades, Raça e Gênero (GDIRG)/Programa de Extensão Viva a Palavra (PRAGMACULT) – Universidade Estadual do Ceará (UECE), Literatura e as metodologias para a formação de leitores (LIMEFLE/UECE), Ludicidade, discursos e identidades nas práticas educativas (LUDICE) – Universidade Federal do Ceará (UFC), Núcleo de Africanidades Cearenses (NACE/UFC). Nossos agradecimentos especiais ao Fernando Melo (servidor da Rádio Universitária) e, claro à toda equipe Mauc.